Crédito Habitação: Idade para pedir um empréstimo

A idade é um fator apontado como influente para a concessão de crédito. Contudo, não tem que ser vista como uma desvantagem, já que há outros critérios que podem a ganhar terreno sobre os anos de vida, como as garantias.

A idade é um fator apontado como influente para a concessão de crédito. Contudo, não tem que ser vista como uma desvantagem, já que há outros critérios que podem a ganhar terreno sobre os anos de vida, como as garantias.

A partir 18 anos já pode pedir um empréstimo. Relativamente à idade máxima, esta varia em função do tipo de crédito e do respetivo prazo.

Idade para pedir um empréstimo: dos 18 aos 70
Uma das condições necessárias para se poder pedir um empréstimo é mesmo a idade. Tal como para tirar a carta de condução ou votar, terá que ter no mínimo 18 anos para poder fazer um pedido de crédito.

Pelo contrário, a idade máxima pode ser calculada sabendo qual é a mesma admitida pelos bancos para o(s) respetivo(s) titular(es) no fim do contrato. Isto é, no caso de um crédito à habitação a idade máxima no final do contrato situa-se nos 75 anos, para a maior parte dos bancos, no entanto, há alguns que admitem ir até aos 80 anos. No caso de um crédito pessoal a idade máxima admitida é inferior a 75 anos, em alguns casos nem admitem que supere os 70 anos.

Crédito sénior: a partir dos 50
É possível exceder o limite de idade através do crédito sénior, que é principalmente destinado para quem tem mais de 50 anos. O prazo e as condições respetivas não deixam de considerar a idade do titular, mas é mais flexível.

Neste tipo de empréstimos não é estabelecida uma idade máxima, apesar de serem exigidas garantias. Normalmente, os bancos requerem fiadores mais jovens, em que a soma do prazo do crédito e a idade do fiador sejam inferiores a 70 anos.

Além disso, o valor financiado é mais baixo do que noutras operações. Por regra, financiam até 50% da avaliação de um imóvel.

Prazos dos empréstimos são influenciados pelo fator idade
A idade influência consideravelmente o prazo do empréstimo. Ou seja, no caso do crédito habitação o prazo máximo está definido nos 40 anos, mas só se no termo do empréstimo os seus titulares não tiverem mais que 75 ou 80 anos (dependendo das instituições).

Já os prazos relativos ao crédito pessoal, em média, o prazo mínimo para contratar um crédito pessoal é de 2 anos. No máximo, este tipo de crédito não pode exceder 7 anos, a menos que se destine a educação, saúde e energias renováveis ou ainda comprar um carro. Nessas situações o prazo pode ir até 10 anos.

Outros critérios além da idade
A idade para pedir um empréstimo é um fator considerado pelos bancos para a realização de crédito, contudo, existem outros componentes ponderado e que podem influenciar a decisão e as condições de financiamento apresentadas.

Entre os componentes encontra-se a solvabilidade do cliente, a taxa de esforço, bem como as garantias reais que o cliente possa dar.